Lar é onde o coração está

14:29:00

Olar pessoas, tudo bem?

No inicio do mês fez um ano que eu passei a morar sozinha e, além das coisas que aprendi morando sozinha, hoje eu percebi uma algo a mais sobre o lugar onde vivemos.

Quando eu estava procurando uma casa, eu tinha algumas expectativas para o espaço ideal. Ela seria iluminada (acordar com a luz do dia é a melhor coisa da vida), com uma pintura clara, espaço bem dividido, era o mínimo. Achei uma exatamente como eu queria, mas a localização da mesma não era das melhores e, quando você sai às 06:00 e volta às 00:30, isso é extremamente importante de se pensar. Por fim, achei uma de ótima localização, mas ela não era nada do que eu desejava anteriormente #sentaechora. A casa era escura, fria, TODAS as paredes eram tão roxas que mesmo amando Friends e achar muito lindo o apartamento da Mônica Geller ou gostar de roxo, não consegui me apaixonar por aquela casa. Eu aluguei pensando "tudo bem, eu pinto e tudo se resolve, certo?" ERRADO. Pois além disso, outros fatores me fizeram detestar ainda mais a casa e aí, eu nem queria mais pintar (gastaria horrores e a proprietária disse que seria tudo por minha conta).

Os primeiros dias, eu estava com aquela sensação de COMO EU BOM TER UM CANTINHO SÓ MEU, misturado à: MEU DEUS EU VOU É PASSAR FOME. Medos comuns de marinheira de primeira viagem. Mas na real, eu estava bem feliz. Afinal era a realização de um sonho. Pena que não durou muito, pois meu cantinho de paz, passou a ser frequentemente interrompido pelos meus queridos vizinhos, que todo final de semana, vulgo "únicos dias que eu fico mais em casa" estavam se tornando terríveis, já que eles resolviam ligar a caixa de som bem virada para a minha porta às 8h da madrugada manhã do meu lindo sábado #ondeEuClicoParaDeletarElesDaVizinhança

No final de semana eu só queria poder dormir um pouco mais, um pouco de silêncio para ouvir meus pensamentos, um dia livre para fazer vários nadas, mas eu não tinha essa regalia. E aí foi que eu me vi aos poucos, indo para casa do meu noivo ou para qualquer outro lugar só para ficar fora de casa. Aos poucos eu parei de me importar em decorar a casa, as vezes até arrumar (e eu sou a loca da decoração). Eu estava tendo uma casa, mas não um lar.

Casa é a construção de tijolos onde você vive. Lar é onde você vive, ama e sente que é o melhor lugar da terra. Notei isso quando percebi que tudo que eu queria, era um local onde eu tivesse privacidade para andar do jeito que eu quisesse, sem medo de ser observada. Um local para receber minhas amigas sem que elas fossem assediadas, um local para ter paz em dias que se quer paz. Um local que eu sinta falta durante a semana corrida, que eu conte os dias para chegar o final de semana, para eu poder curtir bem meu espaço. Um lugar onde meu coração fica cheio de amor. Lugar onde a frase "Lar é onde nosso coração está" faz todo o sentido. No momento me mudei e tenho tido essa sensação de novo. E espero que ela não passe e que a cada dia eu ache mais motivos para amar meu lar.

Pensando nessa frase Lar é onde nosso coração está que eu criei a imagem abaixo, com a frase em português e também em "ingrish", que dá um ótimo quadro que você pode colocar no seu cômodo preferido ;). Faça o download clicando no link na legenda de cada uma das imagens abaixo e, se fizer para seu lar, posta com a hastag #EPInspira ;)

Download da imagem

Imagem para download coração vermelho
Download da imagem

Imagem para download preta e branca
Download da imagem

Talvez você goste:

0 comentários

Publicidade